Mulheres do SIS #4

“Aqui eu estou conseguindo me conhecer, e entender o que estava acontecendo com a minha vida.”

Rosângela tem 49 anos, é nascida criada e residente do Sítio das Palmeiras, e faz Biodança, Yoga, Bioenergética e Dança Circular no Serviço Integrado de Saúde.

“Não conheci meu pai, e minha mãe batalhava muito pra criar a gente, e não tinha tempo pra dar carinho…”

Rosa nos conta que a partir das práticas conseguiu compreender que sua fragilidade psicológica e emocial estava intimamente ligada aos momentos de dificuldade que passou na infância.
Quando fala sobre sua história, sobre suas dores e solidão enquanto uma mulher negra de comunidade pobe, mas acima de tudo sobre sua superação e reconciliação consigo mesma, rosângela está abrindo um canal sensível e direto com outras mulheres que, de certo, passaram ou passam por dores semelhantes, mas que ainda não sabem como fazer um movimento contrário ao sofrimento.

A cada gravação de um mini documentário que vai ao ar, estamos causando uma fissura no sistema que tolhe, oprime e adoece as mulheres, sobretudo as negras. Criamos um outro imaginário da mulher negra de mais idade.

A cada mini doc, esperamos que mais uma mulher se sinta motivada a olhar pra si, se conhecer, se cuidar e ter autonomia sobre sua vida. O convite pra se movimentar nesse caminho é iniciar as práticas integrativas no SIS, que tem se mostrado um instrumento de cura e empoderamento.

Realização: Magú

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

What is 15 + 5 ?
Please leave these two fields as-is:
IMPORTANT! To be able to proceed, you need to solve the following simple math (so we know that you are a human) :-)