Informativo Radioativo 16-05-18

Informativo Radioativo: Edição 16 de maio de 2018

Professores de Recife entram em greve em defesa da educação e melhores condições de trabalho

Categoria de professores em Recife, composta por quase 7 mil servidores, entra em greve por tempo indeterminado em defesa da educação e por melhores condições de trabalho, além da construção de mais creches e melhorias estruturais nas escolas.

Alexandre Rebelo, secretário da educação, se reuniu com os professores para negociar o reajuste salarial que acontece em tese em janeiro, mas nenhum acordo foi feito e o reajuste foi negado.

Além de exigir melhores salários, que significa melhores condições para poder lecionar, os professores também reivindicam a abertura de novas adesões no Saúde Recife, um programa de assistência à saúde dos servidores municipais, visto que muitos professores adoecem ao longo da carreira por trabalhar em condições degradantes.

Também reivindicam a construção de mais creches para a população, principalmente levando em consideração que o trabalho de cuidado às crianças é relegado majoritariamente às mulheres, e também exigem melhorias nas estruturas das escolas, que se mostram cada vez mais degradadas e sem condições de oferecer qualidade de ensino.

Nesta segunda-feira, 14, 90% das escolas de Recife já amanheceram com suas portas fechadas, somando em torno de 400 escolas e creches em mobilização.

Em nota, a prefeitura “lamenta que o Simpere tenha optado por iniciar uma paralisação”.

No entanto, a categoria não se abala e promete realizar uma manifestação do centro da cidade. Nova assembleia está marcada para sexta-feira, 18, prometendo levantar a tradição de luta da categoria com piquetes de greves, rodeando escolas para conversar com professores e a comunidade, desmentindo as ameaças da prefeitura e explicando razões para fortalecer o movimento.

Todo apoio à luta das professoras e professores de Recife!

Fonte: Esquerda Diário

Escolas públicas recebem mostra de cinema sobre gênero

A Secretaria de Educação do Estado lançou, na última segunda-feira (7), o projeto “Andanças – Mostra de Cinema em Gênero e Diversidade”. O evento promove sessões de cinema e oficinas sobre as temáticas em escolas de todas as regiões do Estado. Ao total, 25 escolas serão contempladas até o dia 12 de junho.

De acordo com a Secretaria de Educação do Estado, o objetivo é fortalecer as discussões de gênero e diversidade na educação básica, e divulgar e valorizar o cenário do audiovisual do Estado.

O conteúdo das oficinas será desenvolvido pelos próprios cineastas/produtores locais, sob o intermédio pela Gerência de Educação Inclusiva e Direitos Humanos da Secretaria de Educação do Estado. A mostra ainda receberá representantes de movimentos sociais LGBT e pesquisadores.

A ação ainda proporcionará o desenvolvimento de um material pedagógico eletrônico, previsto para ser lançado em dezembro deste ano, no site da SEE. Nele será exposto a confecção dos produtos como desenhos, cordéis, frases, poemas e colagens desenvolvidos pelos alunos após as exibições e oficinas.

O projeto faz parte da campanha “10 Dias de Ativismo Pelo Fim da Violência Contra a População LGBT”, do Governo de Pernambuco em parceria com movimentos sociais e prefeituras.

SERVIÇO
Andanças – Mostra de Cinema em Gênero e Diversidade
De 7 de maio a 12 de junho em 25 escolas públicas estaduais de Pernambuco
Mais informações: (81) 3183-9293

Fonte: Leiajá

Operação contra cartel de combustíveis é deflagrada em PE

A Polícia Civil desencadeou nesta terça-feira (15) a Operação Funil, que investiga o cartel de combustíveis no Recife, Região Metropolitana e outros municípios do Estado. Segundo a polícia, três funcionários do Sindicato do Comércio Varejista de Derivados de Petróleo de Pernambuco (Sindicombustíveis) têm envolvimento com o crime, segundo o delegado Nelson Souto: “Consistia no alinhamento de preços. Funcionários do sindicato mantinham contato com os donos de postos e faziam o direcionamento para a prática do cartel”. A ação prendeu os três funcionários do sindicato.

Também foram cumpridos 27 mandados de busca e apreensão em domicílios e estabelecimentos comerciais – entre eles, 17 postos de combustíveis.

Além disso, a polícia cumpriu um mandado de busca e apreensão na casa do presidente do Sindicombustíveis, Alfredo Ramos Pinheiro. Ainda segundo o delegado: “Ele está sendo investigado, assim como donos de postos. Então é uma investigação bem longa e que a gente espera aprofundar mais à frente”.

De acordo com a Polícia Civil, as investigações começaram em julho do ano passado e são presididas pelo Delegado Germano Cunha, Titular da Delegacia de Crimes Contra a Ordem Tributária (Deccot/Diresp). Participam da operação 163 policiais civis, entre delegados, comissários, agentes e escrivães.

Os presos e os materiais detidos estão sendo levados para a sede do Grupo de Operações Especiais (GOE), no bairro do Cordeiro, na Zona Oeste do Recife. Após prestarem depoimento, os presos serão encaminhados ao Centro de Observação e Triagem Professor Everardo Luna (Cotel), em Abreu e Lima. Eles vão responder por crime contra a ordem econômica.

Fonte: Leiajá

Educação Ambiental no SIS

O Fórum de Usuárias junto com a equipe de Vigilância Ambiental da prefeitura de recife, está realizando a semana de educação ambiental com orientações de controle a zoonoses. Utilizaremos espaços cedidos pelos terapeutas nos dias e horários discriminados:

Dia 17/05, 8h – prática de Dança Circular (facilitada por Carol), sobre caramujos;

Dia 29/05, 8h – Prática de Flexibilidade (facilitada por Márcia), sobre escorpião;
Dia 06/06, 8h, prática de Biodança (facilitada por Luciana Castro), sobre ratos.

O Fórum pretende fazer uma exposição de fotos, lambes, e depoimentos de usuários e comunidade em geral.

Há 38 anos nascia o Jornal Sem Terra

Num momento de nacionalização do Movimento, o jornal se tornou um dos principais instrumentos articuladores de formação política. Era 1984, quando os trabalhadores rurais que protagonizavam lutas pela democracia e pela terra se reuniram no 1° Encontro Nacional, em Cascavel, no Paraná. Naquele instante nascia o Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST).

A comunicação sempre foi base para o Movimento, uma de suas ferramentas mais raras e importantes, prova disso é a existência do boletim Sem Terra que sempre existiu, como uma ferramenta de aglutinação interna, uma espécie de informe sobre os debates e decisões tomadas pelo grupo

A partir de 1984 com a consolidação do MST, o boletim vira Jornal Sem Terra. Muda o formato, a amplitude, o editorial e os objetivos. Num momento de nacionalização do Movimento, o jornal se tornou um dos principais instrumentos articuladores de formação política.

A comunicação do MST é uma ação política, fruto tanto da organização do Movimento que serve como elemento de formação e crítica de seus militantes ao longo de nossa trajetória histórica.

Há mais de três décadas o jornal Sem Terra contribui para a organização do Movimento e para a consciência crítica dos seus militantes. Ganhou prêmios e menções honrosas, entre eles a edição do Prêmio Vladimir Herzog de Anistia dos Direitos Humanos, um dos mais importantes do país.

São mais de 40 edições que servem como instrumento de formação, organização e projeção da classe trabalhadora.

No site do MST você poderá ver algumas capas históricas do Jornal Sem Terra.

Fonte: Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem-terra

Lucro recorde do Itaú durante a crise é anomalia do capitalismo brasileiro

Apesar da profunda crise econômica que o Brasil atravessa, o Itaú anunciou esta semana um lucro líquido de R$ 6,419 bilhões apenas no primeiro trimestre deste ano, uma alta de 3,9% na comparação com o mesmo período de 2017.

No ano passado, o maior banco privado do país já havia alcançado o maior lucro de uma instituição financeira na história do Brasil, chegando a R$ 24,8 bilhões. Somando os resultados de Bradesco e Santander, os três maiores bancos privados obtiveram lucro líquido de R$ 53,8 bilhões em 2017. A cifra representa um crescimento de mais de 15% em relação a 2016.

O professor do Instituto de Economia da Unicamp Marcio Pochmann aponta que esses resultados são uma anomalia do capitalismo brasileiro, onde os bancos não assumem riscos, não se envolvem com o desempenho da economia nacional e conseguem manter-se imunes à crise, alcançando lucros extraordinários até mesmo em quadros de recessão.

Entre as razões que explicam essa anomalia, Pochmann aponta a oligopolização e a falta de regulamentação do setor, agravadas pela atuação do Banco Central, que permite a prática de altas taxas de juros, independente de outros indicadores econômicos.

Para o economista, os bancos, na forma como atuam hoje, se transformam em obstáculo para a própria recuperação da economia.

Segundo o professor: “O Banco Central que, na realidade, se preocupa fundamentalmente com a questão monetária, a inflação, ele não considera outras características da economia, como o Banco Central americano, que se preocupa com a questão do emprego, por exemplo. Então, isso facilita muito, num setor oligopolizado que tem o Banco Central hoje operando como uma espécie de sindicato dos interesses dos bancos.”

Fonte: Brasil de fato

Com Temer “Brasil voltou 20 anos em 2”

Com o objetivo de “celebrar” dois anos do desastroso governo de Michel Temer, o Palácio do Planalto convidou cerimônia ontem, terça-feira, e desde o convite oficial já chega a ser cômico: “O Brasil voltou, 20 anos em 2”. Este foi o slogan utilizado pela equipe do governo no objetivo de expressar que o Brasil avançou 20 anos em apenas 2 anos, mas que ao retirar a vírgula, altera-se o sentido da oração, dando a ideia de que o Brasil voltou/retrocedeu 20 anos em apenas 2 anos sob a gestão Temer.

Difícil acreditar que a ambiguidade justamente do slogan teria passado despercebida pela equipe de marketing. De qualquer forma, despercebida ou não, a verdade é que o golpista ficou bastante ofendido e teve que às pressas acionar sua assessoria e modificar o texto e cancelar imediatamente o slogan.

O governo Temer, que chega às vezes a parecer piada pronta, parece se esforçar para superar-se cada vez mais em sua degradação e mais uma vez vira meme nas redes sociais. Parece que nem mesmo sua equipe de marketing esteja disposta a ajudar a esconder tanta atrocidade.

Dessa vez, com exceção da simples vírgula, quase chegamos a concordar com o governo.

Fonte: Esquerda Diário

Anistia Internacional cobra conclusão sobre assassinato de Marielle

Após dois meses dos assassinatos de Marielle Franco e do motorista Anderson Gomes, a Anistia Internacional afirmou que, cada dia que se passa sem respostas sobre o caso, aumenta as dúvidas sobre a eficácia da investigação. Em nota publicada no domingo passado, a diretora executiva da instituição no Brasil, Jurema Werneck, reforçou que as perguntas quem matou Marielle e Anderson e quem mandou matar não podem ficar sem respostas.

O comunicado traz também declarações da família de Marielle. A mãe da vereadora, Marinete Silva, agradece os esforços feitos até o momento na investigação, considerada séria, e destaca também a necessidade de continuar a cobrança por justiça.

Segundo a nota, a irmã de Marielle, Anielle Silva, também reafirma o compromisso de lutar pelo esclarecimento do assassinato. ”Enquanto tivermos forças exigeremos Justiça, e o faremos nas ruas e nos espaços públicos. A minha irmã era da resistência e é assim que nós seremos até o fim”.

Fonte: Agencia Pulsar com informação da Agência Brasil

Eventos

Quarta-feira

Boulos em Recife – 16/05
9h00 – Audiência Pública sobre Convivência com o semiárido e o combate à desertificação.
Local: ALEPE- R. da União, 397 – Boa Vista, Recife – PE, 50050-909

13h – Debate na UFPE: “Juventude trabalhadora do campo e da cidade: resistir aos retrocessos e avancar nas lutas” . Local: Centro de Educação – UFPE

16h – Café com Boulos – Conversa com sindicalistas
Local: Casa dos Dialogos

17h – Debate: Criminalização dos Movimentos Sociais e a Democratização da Mídia
Local: Ocupação Marielle Franco – Praça da Independência – Av. Dantas Barreto

18h30 – Visita a Ocupação Marielle Franco e jantar com coordenadores das ocupações do MTST em Pernambuco – Praça da Independência – Av. Dantas Barreto

19h – Vamos com Boulos.
Local: Ocupação Marielle Franco – Praça da Independência – Av. Dantas Barreto

Debate: UMA SOBE E PUXA A OUTRA: Protagonismo das mulheres negras nas lutas sociais

Quando: 16/05 – QUARTA-FEIRA
Hora: 18H
Local: 9º andar Edifício Pernambuco
Av. Dantas Barreto, 324 Santo Antônio – Recife

O feminismo só se constrói com a participação , e o protagonismo de todas as mulheres. E nesse cenário, as mulheres negras, que são as mais afetadas em várias dimensões pelo sistema já foram protagonistas de grandes lutas em favor das mulheres, e não é diferente agora. Só com as mulheres negras presentes na luta foi, e é possível debater a questão racial fazendo valer a importância da interssecionalidade . Por isso, a voz das mães, filhas, e avós pretas é indispensável para a luta que queremos construir! Mulheres negras, resistem. E quando uma sobe, puxa a outra.

Convidadas:

Jô Cavalcanti – MTST – Ocupação Marielle Franco

Cléia Santos – Espaço Mulher de Passarinho – FMPE

Débora Aguiar – Coletivo de Mães Feministas Ranúsia Alves

Juliana Cíntia – Coletivo Filhas do Vento

Mediadora: Naia – Coletiva das Vadias

A Marcha das Vadias Recife 2018 será dia 26.05.2018 – ÚLTIMO SÁBADO DE MAIO

Sábado

Brincadeira do Boi da Mata – Maio 2018

9h- trilha na mata da Ur-07
13h- Almoço
18h- Cortejo do Boi da Mata**

*Venha alimentado
*Use roupas leves, confortáveis que protejam o corpo e sapato baixo
*Traga lanches leves e água
**Contribuição Livre
Como Chegar?

*Descer logo após a subida da ladeira da ur7 para a trilha (Campo da Granja), concentração no Bosque do Bacurau.
Para demais atividades, segunda parada ou primeira à esquerda (rua do colégio).

-Ônibus Ur7
Sentido cidade-subúrbio
Av. Cond. Boa Vista
Ao lado da Restauração
Av. Caxangá.

-Carro/Bicicleta
Na Caxangá, sentido cidade-subúrbio, dobra à esquerda após a ponte no Pe. Ciço (UPA do lado direito), segue em frente e, no final da rua, dobra à direita pra subir o ladeirão e chegar!

Marcha da Maconha Recife 2018

Organizado por RENFA Rede Nacional de Feministas Antiproibicionistas e Marcha da Maconha Recife

19 de maio às 14:00
Praça Oswaldo Cruz, Soledade

A Marcha da Maconcha é um movimento social, político e cultural que luta pela legalização da Maconha e de todas as drogas por acreditar que o problema não está nas drogas e sim nessa política proibicionista e seus tentáculos políticos que encarcera e mata cada vez mais. A chamada e fracassada “guerra às drogas” vem nos mostrando a contradição do que a sociedade do controle (formada por políticos, empresários, banqueiros e outros setores do capitalismo internacional) tenta forjar no cotidiano do povo. E é por isso que estarão no dia 19 de maio lutando por uma reforma na politica de drogas, pelo desencarceramento das pessoas atingidas pelo modelo proibicionista que atinge ainda mais as mulheres negras e pobres e pelo fim do genocídio do povo negro.

IV Festival de Cultura Cannábica, no Pátio de São Pedro

O Festival de Cultura Cannábica acontece pela quarta vez no Recife. O festival acontece sempre após a Marcha da Maconha, como forma de garantir um lugar de confraternização entre esse movimento que é de lutas mas também é de celebração da vida e das vitória que alcançamos juntas.

Programação:

18h – Intervenção das Feministas por memória e justiça no diário em frente à Marielle Franco

18h30 – Slam das Minas

19h10 – Cena Periférica

20h – Dona Deu do Côco

20h50 – Sinta Liga (PB)

21h40 – A Antiproibicionista

22h30 – Cavaco Folk Man

23h20- 8.0.8 crew

0h10 – BATEKOO REC: Marie Claire e Milena Cinismo.

Horários do programa

Segunda: 8h [[AO VIVO]]
Segunda: 20 (reprise)
Terça: 7h (reprise)
Quarta: 8h [[AO VIVO]]
Quarta: 20h (reprise)
Quinta: 7h (reprise)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

What is 2 + 11 ?
Please leave these two fields as-is:
IMPORTANT! To be able to proceed, you need to solve the following simple math (so we know that you are a human) :-)